Como harmonizar queijos com cervejas

Fim de semana é bom para encontrar os amigos e tomar aquela cervejinha gostosa! Que tal combinar a cerveja com um queijo? Segundo Fábio Zoehler, sommelier de cervejas do e-commerce Drink Beer, em termos de harmonização, o mais comum, no Brasil, é a associação do queijo com vinhos, mas a combinação do queijo com a cerveja é ainda mais fácil. “Não há conflitos de sabores com os taninos. A cerveja é uma bebida de uma versatilidade incrível e traz nessa junção extrema riqueza, proporcionando ao paladar uma complexidade fora de série”, afirma.

Como combinar

Queijo minas frescal

Por ser uma variedade não muito gordurosa e de sabor delicado, harmonize com uma cerveja do estilo Helles, como a da cervejaria Bamberg, por exemplo. Muito tradicional em Munique, fácil de ser bebida e extremamente refrescante, essa cerveja de coloração amarelo claro, corpo baixo, amargor leve e 5% de teor alcoólico, possui marcante presença de malte, pão, caramelo e floral do lúpulo

Brie

O cobiçado e saboroso queijo fungo branco brie é o oposto do minas frescal. Bastante gorduroso, essa variedade acompanha bem cervejas do estilo tripel. Por serem maltadas e com notas amendoadas, pedem queijos maturados

Emmental

Excelente e ricos em sabores, um dos exemplares de queijos curados emmental vai muito bem com cervejas do estilo IPA. Elas são mais lupuladas, ou seja mais amargas, e combinam com queijos mais salgados, acres e azedos

 Gorgonzola

O mais famoso entre os representantes de queijos fungo azul acompanha bem rótulos do estilo Belgian Strong Ales, Strong Porters, Barley Wines, Stouts e Imperial Stouts. São cervejas fortes e com maior residual de açúcar, o que vai bem com queijos azuis

No Comments

Leave a Comment