Você sabe usar o repelente?

Calor e chuva. Combinação perfeita para a proliferação do Aedes Aegypti, mosquito responsável pelos surtos de dengue, zika e chikungunya que assolam o país. Só para se ter uma idéia, até abril, por exemplo, época com maior índice, foram registrados mais 802 mil casos de dengue e mais de 97 mil de zika.

Além de verificar os locais para não deixar água parada, é importante usar diariamente um bom repelente. Os feitos à base de icaridina são os mais indicados já que oferecem ação prolongada, por até 7h.  A bióloga Julinha Lazaretti, da Alergoshop ensina a maneira correta de usar o produto para garantir a máxima proteção contra as doenças:

 

Como funciona o repelente? Ele repele devido ao cheiro?

Sim os repelentes agem formando uma “nuvem” de odor repulsivo aos insetos.

 

Tenho que passar de quanto em quanto tempo?

Como a eficácia depende de muitas variáveis, o ideal é que se use na frequência do menor tempo indicado no rótulo, pois os testes são feitos em ambientes controlados, diferente do que encontramos no dia a dia. Para os repelentes com Icaridina, o ideal é que reaplique a cada 7 horas nas temperaturas abaixo de 30ºC e a cada 4 horas nas temperaturas acima de 30ºC.

 

Existe um horário do dia que preciso dobrar a atenção e não ficar sem repelente?

Cada inseto possui um hábito diferente do outro. O Aedes Aegypt, por exemplo, tem o hábito de se alimentar mais ao amanhecer ou ao entardecer e costuma agir a meia altura, ou seja, nas pernas de um indivíduo em pé.

 

Como deve ser usado em relação ao protetor solar, hidratante  e maquiagem?

Os repelentes de Icaridina devem sempre ser usados por último, pois sua ação se dá pela vaporização do princípio ativo que forma uma “nuvem” sobre a pele e assim repele os insetos. O ideal é que seja utilizado 15 ou 20 minutos após a aplicação de outro produto (protetor solar, hidratante ou maquiagem).

 

Grávida pode usar repelente?
É recomendado que a gestante, por exemplo, reaplique no máximo 3 vezes ao dia com intervalos de 4 horas.  É muito importante utilizar outros métodos de proteção como ficar longe dos focos de mosquito e o uso de roupas compridas. Sempre antes da utilização de qualquer produto a gestante deve consultar seu médico para que ele faça uma avaliação e recomende a melhor dosagem e cuidados.

 

O uso diário desse tipo de repelente durante toda a gestação pode acarretar em quais problemas para a mãe e para o bebê?

As grávidas devem evitar qualquer tipo de repelente caseiro, pois além de não terem passado por nenhum tipo de teste de segurança como os comercializados podem não ser eficientes, deixando a gravida exposta aos riscos de contaminação pelo Zika.

No Comments

Leave a Comment