O que comer para se livrar da prisão de ventre

Desconforto, sensação de estufamento e dor na região abdominal são sinais de intestino preso, ou constipação. “A causa é multifatorial. Pode ser alimentação inadequada, estresse, alguns tipos de medicação, baixo consumo de líquidos, gestação, sedentarismo, hipotireoidismo e falta de horário para evacuar”, explica a nutricionista Roseli Ueno.

E será que as mulheres sofrem mais com o problema? A nutricionista refuta esta hipótese. “Nos dias de hoje, não é verdade, pois as pessoas de uma maneira geral têm se alimentado com uma dieta pobre em fibras (baixo consumo de frutas, verduras e legumes), estão mais estressadas e praticando menos atividade física”, diz Roseli.

 

Sintomas – Dificuldade de evacuar, diminuição do bolo fecal, fezes endurecidas ou número de evacuações inferior a três vezes por semana.

Frequência – O hábito intestinal pode variar de pessoa para pessoa, mas o ideal é evacuar pelo menos uma vez ao dia. Pessoas sedentárias sofrem mais de constipação do que aquelas que praticam atividades físicas.

Gases – Alguns alimentos podem aumentar a produção de gases no organismo. É o caso de chocolate, bebidas alcoólicas, maçã sem casca, farinha branca, arroz branco, goiaba, caju, chuchu, biscoito salgado e chás preto e mate.

Gestantes – O problema costuma se acentuar na gravidez, uma vez que o útero pressiona o reto e a porção inferior do cólon, e atrapalha o trânsito intestinal. Uma alimentação rica em fibras ajuda a prevenir.

Consequências – Um intestino que não é saudável pode provocar outros tipos de doenças como diverticulite, hemorroidas, gases, distensão abdominal, cólicas, enxaqueca, fissura anal, síndrome do intestino irritável, além do mal estar geral pelo intestino “preguiçoso”.

Medicação – Se você sofre de constipação com frequência, procure um médico para receber as orientações necessárias. Somente um especialista pode receitar o medicamento indicado para o seu caso, assim como a dosagem correta e a duração do tratamento. Cuidado com o uso de laxantes. Se usado por longos períodos pode provocar efeito contrário e prender ainda mais o intestino.
Alimentação – “Deve-se ter uma boa hidratação com água, chás e sucos naturais ao longo do dia, consumir mais fibras por meio de verduras, legumes, frutas, cereais integrais, feijão, grão de bico, lentilhas, soja e ervilhas. Inclua iogurtes também, pois são ricos em lactobacilos, e prefira alimentos integrais, como arroz integral, aveia e farelos. Outra recomendação é fracionar as refeições em horários para estimular o funcionamento intestinal”, diz a nutricionista, que ainda lista as frutas que são ótimas aliadas no combate à constipação: ameixa, pêssego, abacate, manga, abacaxi e laranja com bagaço.
Receitas funcionais

Suco laxativo: bater no liquidificador o suco de 2 laranjas + 3 ameixas secas, tomar em seguida, de preferência no café da manhã.

Suco de mamão com ameixas: bater 1/2 mamão papaia + 3 ameixas secas + 150 ml de água gelada, tomar em seguida.

 

No Comments

Leave a Comment